ACM Neto diz que PT volta ao passado para tentar justificar problemas da Bahia: “16 anos não é tempo suficiente?”


Reprodução

O pré-candidato a governador ACM Neto (União Brasil) disse nesta sexta-feira (27), em Iramaia, que o PT “volta ao passado” para tentar justificar os graves problemas na Bahia, especialmente na educação, segurança pública, desemprego e saúde. Em ato político no município da Chapada Diamantina, ainda ressaltou que 16 anos de governos petistas é tempo suficiente para mudar a realidade do estado.

“Eles vão falar de educação, de segurança, de desemprego, de saúde e, como não têm a menor justificativa para a realidade da Bahia de hoje, voltam para o passado. E aí mais importante ainda se torna a pergunta que eu estou fazendo: será que 16 anos não é tempo suficiente para ter escrito uma história diferente para a Bahia? Claro que é”, afirmou Neto.

Na educação, a Bahia tem o pior Ideb do Brasil no ensino médio. Já na segurança, o estado tem o maior número de homicídios do país, além de ter também a maior taxa de desemprego. Na saúde, há uma queixa recorrente por todo o estado em relação à espera na fila da regulação.

“A forma que nós temos de mudar essa realidade, a forma que nós temos de fazer um governo olhando para cada um dos 417 municípios é simplesmente mudando de governo. É simplesmente começando a construir uma nova história a partir de janeiro do ano que vem. E é exatamente isso o que me motiva nessa caminhada. É isso que me faz percorrer todo o nosso estado, é isso que me fez já ter visitado mais de 100 municípios”, frisou.