Eleições 2020: Com eleição marcada por compra de votos, Nilda Magalhães é eleita a prefeita de Poções.


Foto: DivulgaCand

A eleição realizada no domingo (15) em Poções, que elegeu Nilda Magalhães (PCdoB) prefeita do município, foi marcada por vários crimes eleitorais, como compra de votos em praça pública e entrega de camisas. São vários os vídeos registrados que comprovam os atos que aconteceram nas ruas da cidade em plena luz do dia. Nilda Magalhães esteve atrás nas pesquisas durante toda a campanha, mas no último dia seus cabos eleitorais derramaram dinheiro e decidiram a eleição. Nilda foi eleita com 47,2% dos votos, sendo 12,289 votos. Em segundo lugar ficou Léo de Tonhe Gordo com 45,8%, sendo 11,907 votos. Val Cunha obteve 5,8%, sendo 1521 votos. Em quarto lugar ficou a candidata Angela com 0,8%, sendo 224 votos. Em último ficou o candidato Aldo com 0,2%, sendo 57 votos. Pelo menos duas coligações já acionaram a Justiça Eleitoral.