Bahia: MP pede cancelamento de concurso público fraudado por políticos em Conceição da feira


Foto: Reprodução

O ministério público da Bahia pediu a prefeitura de conceição da feira para cancelar o concurso público realizado em dezembro do ano de 2019. O pedido de cancelamento foi emitido devido a várias irregularidade durante a aplicação da provo e ao fato de políticos corruptos do município terem facilitado a aprovação de parentes no concurso. No concurso foram oferecidas 128 vagas, sendo que mais de 20 pessoas aprovadas no concurso eram parentes de políticos. O prefeito do município deu uma entrevista dizendo que chegou a ser procurado por parentes para que facilitasse a aprovação deles no concurso, porém ele negou ter feito isso. A prova foi aprovada a aproximadamente 3 mil pessoas, sendo que os parentes de vereadores e do prefeito tiveram as maiores notas. O MP disse que caso a fraude seja confirmada, os envolvidos serão punidos. O MP também recomendou que a empresa responsável Suprema, responsável pelo concurso, que não realize nenhum processo seletivo até terminar a investigação. O órgão deu um prazo de 72 horas para o prefeito Raimundo da Cruz Bastos cumprir a medida. De acordo com o promotor Marcel Bittencourt, o Ministério Público vai ajuizar uma ação para suspender e anular o concurso, caso a prefeitura não cumpra a recomendação. A Polícia Civil também investiga o caso.