Mundo: Sérgio Moro é eleito uma das 50 pessoas que definiram a última década


Foto: Reprodução

O Financial Times escolheu o atual Ministro da Justiça Sergio Moro como uma das cinquenta personalidades que moldaram a década de 2010. Na lista publicada nesta terça-feira, 24, o jornal britânico atribui a escolha do ex-magistrado por ele ter chefiado uma investigação contra corrupção que “abalou o cenário político latinoamericano”, mesmo de “sua posição como um juiz de uma cidade provinciana brasileira”. “As provas das propinas pagas no esquema de corrupção da Odebrecht levou à prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e atingiu quatro atuais ou ex-presidentes peruanos — um se matou antes que a polícia pudesse prendê-lo”, explica a publicação. O perfil escrito pelo escritor inglês Geoff Dyer também acrescenta que o movimento político de sua nomeação ao Ministério da Justiça por Jair Bolsonaro pode pôr em dúvida sua carreira como juiz, mas também alçá-lo à Presidência da República. O nome de Moro figura ao lado de outros como o do ex-presidente americano Barack Obama e o atual, Donald Trump, mas também do governante russo Vladimir Putin, o ditador turco Recep Erdogan e a vencedora do Nobel de 2014 Malala Yousafzai.