Fogo na Amazônia: Vice-presidente minimiza queimadas: ‘Amazônia brasileira está segura’


Foto: Reprodução / Twitter @GeneralMourao

Diante da crise ambiental enfrentada no país, o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) usou suas redes sociais para se pronunciar sobre a situação da Amazônia, que sofre com o aumento das queimadas há mais de duas semanas. Para ele, não há motivo para temor. “A Amazônia brasileira está segura! Lá morei e sei que incêndios são episódicos em período de seca”, minimizou o general.

 

A declaração foi feita em sua conta oficial do Twitter, na noite dessa quinta-feira (22). Embora alinhada com as afirmações do governo, ela vai de encontro aos dados apresentados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), por exemplo. Um estudo recente do Inpe afirma que houve um aumento de mais de 80% no número de incêndios florestais do Brasil em relação a 2018, sendo a Amazônia o bioma mais afetado. Isso mobilizou políticos, personalidades e membros da sociedade civil brasileira, mas também do exterior, a exemplo do presidente da França, Emamnuel Macron. Ainda ontem, ele pediu que os líderes dos países que compõem o G7, grupo composto pelas economias mais avançadas do mundo, discutam o tema com urgência. No entanto, o vice-presidente brasileiro não concorda com o caráter de crise internacional dado ao caso. “Transformá-los em crise, esquecendo as tragédias que o fogo causou nos EUA e Europa, é má-fé de quem não sabe que os pulmões do mundo são os oceanos, não a Amazônia”, criticou.