Brasil: Famílias baianas são as que mais recebem Bolsa-Família, diz avaliação


Foto: Reprodução

Na Bahia, o número absoluto de famílias beneficiadas com o Bolsa-Família, principal programa de transferência de renda do governo federal, é o maior do país desde a implementação projeto, no ano de 2004. A informação é da ferramenta de visualização de dados, da Secretaria de Avaliação e Gestão, do Ministério da Cidadania. Em 14 anos, os valores repassados ao estado aumentaram em oito vezes. A região do Nordeste, se destaca por causa do ponto de vista econômico e das questões climáticas. Alguns pontos podem ser citados como a falta de criação de empregos formais. Além disso, existem as questão da seca que afeta os municípios, e isso faz com que Nordeste se destaque, segundo o Ministério da Cidadania. Em 2004, o estado recebeu exatos R$ 532.684.471,00 para quase 834 mil famílias. Em 2011, o dinheiro repassado para a Bahia quadruplicou e número de famílias beneficiadas triplicou. A Bahia recebeu R$ 2.261.751.025,00 para 1.752.766 casas. Em 2012, o governo federal repassou R$ 2.745.399.558,00 para 1.808.346 famílias. Já em 2016, o estado recebeu R$ 3.775.541.552,00. Já este ano, nos cinco primeiro meses do governo de Jair Bolsonaro, os baianos receberam 1.367.497.610,00 para 1.846.806 famílias.