Bahia: Empresário filmado agredindo promotora na BA é denunciado pelo MP


Foto: Reprodução

O empresário filmado agredindo a ex-esposa, que é promotora de Justiça, em Salvador, foi denunciado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA), nesta semana, pelos crimes de lesão corporal, ameaça, tentativa de estupro e por submeter a filha do casal a constrangimento, ao presenciar a violência. A informação foi divulgada pelo MP nesta quinta-feira (4). A denúncia foi enviada à Justiça na terça (2). Ainda não há previsão de resposta da entidade. De acordo com a denúncia do MP, Hélio Lessa Mota Barbosa manteve um relacionamento pautado por abuso, humilhações, ofensas, chantagens e agressividade com a promotora de Justiça Lolita Lessa Mota Barbosa, “agindo de modo possessivo e controlador com a vítima”.

As agressões ocorreram em 2018. Na época, a promotora registrou denúncia contra Hélio Lessa no Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher e População LGBT (Gedem), do próprio MP, e também na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Brotas. Atualmente, ela possui medida protetiva contra o empresário, que aguarda decisão da Justiça em liberdade.

Em nota, o MP informou que está adotando todas as providências cabíveis para resguardar a promotora, e que o Gedem ofereceu total e irrestrito apoio à vítima, como faz com todas as mulheres que atende.

No comunicado, a promotora de Justiça Márcia Teixeira, coordenadora do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos (CAODH), do MP, lembra que “o fato de uma pessoa ser promotora de Justiça não significa que ela não esteja suscetível às violências praticadas contra as mulheres, inclusive a violência doméstica e familiar”.

G1