ELEIÇÕES 2012: FALSA PESQUISA É DIVULGADA NA REGIÃO


Além de Planalto a pesquisa também foi supostamente feita nas cidades de Poções e Boa Nova, os resultados são verdadeiros absurdos.

Está circulando no município de Planalto uma pesquisa falsa, feita por uma pessoa/empresa sem credibilidade, sem usar critérios matemáticos, sem disponibilizar dados referentes a essa suposta pesquisa, e principalmente sem ter registro junto ao Tribunal Regional Eleitoral-TRE, a mesma foi comprada supostamente pelo grupo de oposição na qual tem como candidato a prefeito o Senhor Clóves Alves Andrade (PT) e está sendo distribuinda para toda população de Planalto. Segundo informações o cidadão responsável por essa falsa pesquisa é conhecido na cidade de Planalto e região sudoeste da Bahia, o mesmo sai nos municípios oferecendo pesquisas falso-encomendadas para políticos, favorecendo os compradores da pesquisa (Quem pagar mais é o primeiro). De acordo com a Lei Eleitoral as entidades e empresas que realizarem pesquisas de opinião pública relativas às Eleições 2012 ou aos candidatos devem registrar cada pesquisa na Justiça Eleitoral a partir do dia 1º de janeiro e até cinco dias antes da divulgação de cada resultado. Essa exigência foi estabelecida pelo art. 33 da Lei nº 9.504/1997 e pormenorizada na Resolução – TSE nº 23.364/2011. Para o registro de pesquisa, é obrigatória a utilização do Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais (PesqEle), disponível nos sítios dos Tribunais Eleitorais, sítios nos quais também pode ser acessado o manual pertinente ao sistema. O registro de pesquisa será realizado apenas via internet, pelas entidades e empresas que realizarem pesquisas de opinião pública relativas às Eleições 2012. O registro de pesquisa poderá ser realizado a qualquer tempo, independentemente do horário de funcionamento do Cartório Eleitoral. Mais uma vez o grupo de oposição ao atual prefeito no município de Planalto vem desrespeitando a Lei Eleitoral. (Diga Diga Notícias)